Newsletter de Redken
Se você quer ser o primeiro a descobrir novos produtos e tendências, assine nossa Newsletter agora!

cabelos-cacheados-capa

Transição capilar: o expert Guilherme Araújo dá dicas para quem quer adotar o cabelo cacheado, crespo ou ondulado natural

O cabelo com frizz indica que está precisando de uma boa nutrição capilar. Sem nutrientes, os fios se tornam mais sensíveis à umidade do ambiente e ficam arrepiados facilmente. No entanto, com uma rotina de tratamentos, eles vão se manter protegidos, disciplinados e sedosos. Um ingrediente que pode ajudar muito nessa missão é o óleo de babaçu, que repõe a camada lipídica protetora da fibra sem pesar.  O componente é uma das estrelas da nova fórmula de Frizz Dismiss, uma das linhas mais recomendadas pelos experts para tratar o frizz no cabelo.

Mudar o visual nem sempre significa apostar em uma tendência nova. Às vezes, a novidade está em se reconectar com a sua beleza natural. É o caso da transição capilar, o processo de parar de realizar alisamentos e deixar o cabelo cacheado, crespo ou ondulado crescer com a textura original.

Para além da renovação nos fios, há também uma transformação interna em cada pessoa que decide abraçar as ondas e os cachos. “É um momento de uma mudança de comportamento e hábitos com o cabelo”, explica o hairstylist e Artista Redken Guilherme Araújo. Para lidar com o processo, que pode levar meses ou até anos, é preciso saber o que esperar e como cuidar corretamente dos fios na nova fase.


Curvaceous, a linha profissional completa para todos os tipos de cachos.

Usar o cabelo com a textura natural não significa cuidar menos. Na verdade, a mudança vai exigir uma rotina de tratamento mais regrada. “A maior vantagem de uma transição é a possibilidade de um cabelo mais saudável, natural e tratado”, afirma Guilherme. Durante o processo, os fios vão precisar de mais hidratação e reparação para crescerem com força e saúde, longe dos danos provocados pela química.

“A principal dificuldade durante a transição capilar é se adaptar a novos hábitos, ter às vezes um pouquinho mais de trabalho para arrumar o cabelo, usar novos produtos e ter novos cuidados”, explica o expert.

Por isso, minha dica é procurar um profissional, pois normalmente conseguimos melhorar a transição com corte certo e bons produtos”, afirma. Além disso, visitar o cabeleireiro regularmente permite que você vá cortando gradualmente as pontas alisadas ao longo da jornada, preservando a saúde da fibra.

A linha Curvaceous, de Redken, é perfeita para acompanhar todas as etapas do cuidado com os cabelos durante a transição capilar. A coleção inclui shampoo, shampoo condicionante, condicionador que pode ser usado como leave-in e mais seis tipos de finalizadores para atender necessidades diferentes.

A finalização é especialmente importante para disfarçar a diferença de textura entre a raiz e as pontas conforme o cabelo cresce, então apostar em um bom leave-in é essencial. Para quem está em transição, Guilherme indica Ringlet para cabelos ondulados, uma vez que confere definição sem perder a leveza, e Spiral Lock para cabelos cacheados e crespos, já que a textura em gel vai garantir máxima definição e controle antifrizz sem aspecto molhado.

Com a rotina de cuidados orientada pelo cabeleireiro e cortes regulares para eliminar as pontas antigas, você logo terá sua textura natural de volta, mais sedosa, definida e radiante do que nunca.